Pesquisa

Pesquisa e Neurociência

Nos últimos 30 anos, a TTI Success Insights tem investido em aprimorar e refinar cientificamente suas soluções e instrumentos, utilizando-se de periódicas pesquisas de validação.

Estes projetos têm sido conduzidos por profissionais altamente capacitados e com larga experiência em pesquisa, estatística, neurociência e ferramentas de assessment.

Com um centro de pesquisa próprio, utilizando tecnologia de ponta, em sua sede em Scottsdale/Arizona, sob o comando do pesquisador Dr. Ron Bonnstetter, as pesquisas da TTI Success Insights são realizadas de várias formas, incluindo:

• Análise estatística não discriminante de bancos de dados com milhões de indivíduos.
• Em campo, junto com nossos parceiros, que têm acesso a uma grande variedade de populações, como estudantes, professores, administradores, atletas e profissionais.
• No laboratório de Pesquisa Cognitiva Aplicada (Applied Cognitive Research).

Em acréscimo à validação estatística tradicional efetuada para cada produto TTISI, o processo de validação VIDE (Validação Ipsativa da Tomada de Decisão usando Eletroencefalografia) compara as respostas de autopreenchimento com as ondas cerebrais correspondentes, vistas em tempo real por meio de imagens de eletroencefalograma (EEG).

 

A importância dos fatores baixos

Usando o eletroencefalograma (EEG) junto com as avaliações, as pesquisas da TTISI confirmam que temos reações mais fortes e mais definidas às coisas de que não gostamos do que às coisas das quais gostamos. Esse entendimento a respeito dos fatores baixos levou a TTISI a criar avaliações mais precisas e ao aperfeiçoamento dos relatórios de análise de perfil.

Nossos relatórios que contêm DISC e Motivadores trazem páginas com análises exclusivas para os fatores baixos, um grande diferencial no mercado mundial de assessment.

 

A necessidade de múltiplas avaliações

Seja lidando com atividades de seleção ou desenvolvimento de talentos, quanto mais informações você puder reunir, maiores as chances de um resultado excelente. A TTISI reconhece essa necessidade e oferece mais de 40 diferentes relatórios em 6 diferentes dimensões de análise.

Um estudo recente da TTISI descobriu que, usando apenas o instrumento DISC, empreendedores em série foram identificados corretamente 60% das vezes. Usando apenas os motivadores, eles foram identificados corretamente 59% das vezes.

Quando foram utilizados o DISC e os motivadores juntos, a precisão subiu para mais de 80%. Acrescentando o instrumento DNA de análise de competências aos instrumentos DISC e motivadores, a taxa de sucesso disparou para 92%.

 

Comparando mapas cerebrais por EEG com os resultados das avaliações

Como parte do processo de validação de nossos instrumentos, os resultados do autopreenchimento são comparados às imagens cerebrais. Note, na imagem abaixo, como cada um dos quatro estímulos resulta em reações cerebrais bem diferentes.

A escolha de número 1, ou o item que MAIS o descreve, mostra uma reação mais forte no córtex pré-frontal esquerdo, enquanto a segunda e terceira escolhas mostram bem menos ativação. O resultado mais interessante são nossas reações às coisas das quais NÃO gostamos. Nesse caso, a pessoa demonstra uma negação ou rejeição muito pronunciada aos estímulos “agressivo, desafiador”.

 

 

 

A importância de ter questionários em 34 idiomas

Que importância tem para as empresas brasileiras o preenchimento de questionários por profissionais estrangeiros em sua língua natal?

Para responder a esta e outras perguntas, a TTI Success Insights conduziu um experimento para entender como o cérebro reage quando uma pessoa preenche os questionários em diferentes idiomas. Nas imagens abaixo você irá observar as reações do cérebro de uma pessoa que respondeu a questões do questionário DISC, cujo idioma mãe é o espanhol, tem grande fluência em inglês e francês e uma menor fluência no idioma alemão.

Uma atividade predominante de ondas gama no córtex pré-frontal esquerdo significava aceitação e um aumento da atividade no pré-frontal direito representava rejeição. Como exemplo, veja a imagem cerebral da resposta à palavra “entusiasmado” em espanhol. Note o grau de aceitação no lobo esquerdo, em comparação com o direito (as cores amarela e vermelha mostram maior atividade neural).

Observe a intensidade do pensamento que está sendo gerado no cérebro, enquanto a pessoa tenta decodificar a palavra em alemão: a forte direcionalidade sumiu e um esforço mental tomou seu lugar, com o surgimento de uma intensa atividade no lobo direito, o que pode significar rejeição ou confusão, possivelmente prejudicando os resultados.

 

 

 

Questionário DISC no formato R4

Pesquisas conduzidas pela TTI Success Insights comprovaram que um questionário DISC que se utiliza das quatro opções de resposta possui uma validação superior aos tradicionais questionários M/L, os quais pedem para o respondente sinalizar qual a opção que melhor e a que menos o descreve.

Com estas conclusões, a partir de 2012 no Brasil, todos os instrumentos TTI Success Insights utilizam o questionário R4, o mais moderno em uso no mundo atualmente.

No formato R4, todas as palavras são consideradas para a elaboração dos gráficos Natural e Adaptado do DISC.